Mulheres recriam desfile da Victoria´s Secret para questionar o padrão de beleza; assista

- O Estado de S. Paulo

Iniciativa do site Buzzfeed reuniu magras, gordas, negras e transexuais para reproduzir a apresentação da marca consagrada de lingerie

Mulheres questionam padrão de beleza do desfile da marca Victoria's Secret

Mulheres questionam padrão de beleza do desfile da marca Victoria's Secret Foto: Reprodução/YouTube

O desfile da grife Victoria's Secret costuma reunir as modelos mais badaladas da indústria da moda. Kendall Jenner, Gigi e Bella Hadid e brasileiras como Adriana Lima e Alessandra Ambrósio cruzaram a passarela há alguns dias ao som de Lady Gaga, Bruno Mars e The Weeknd. Todas tinham o abdômen bastante definido e pernas longilíneas. Para questionar esse padrão de beleza, o site Buzzfeed convidou mulheres bastante diversas para recriar o desfile de lingerie.    

Magras, gordas, negras e transexuais entraram na passarela usando calcinha e sutiã e um grande sorriso autoconfiante no rosto. “Quando você assiste ao desfile da Victoria's Secret a piada é que todas as mulheres estão chorando e tomando sorte porque queriam ter o corpo igual ao das modelos”, diz uma das participantes.

Assista ao desfile produzido para questionar o padrão de beleza:

“Amo assistir ao  Victoria's Secret Fashion Show, mas gostaria de ver mais tipos de corpos. Hoje com o nosso desfile mostramos que não importa o que você está vestindo, o quanto você é alta ou como é o seu cabelo. Se você se acha bonita, quem se importa com o que outros vão pensar?  Esse desfile é sobre o que você sente, se você está feliz e saudável, isso é tudo o que realmente importa”, afirmou outra mulher que participou da iniciativa.

A Victoria's Secret já deu demonstrações discretas de que pretende aos poucos democratizar o padrão de beleza do desfile. Na última edição em novembro, as modelos negras desfilaram sem apliques de cabelo e foi divulgada uma foto do sutiã 'Fantasy Bra' sem retoques de Photoshop, deixando marcas de estrias aparentes. Mas nada que ameace a ditadura da magreza.