Morre Julio Okubo, fundador de joalheria homônima

Redação - O Estado de S.Paulo

Joalheiro ficou conhecido por seu trabalho com a pérola

Joalheiro Julio Okubo faleceu aos 93 anos

Joalheiro Julio Okubo faleceu aos 93 anos Foto: Divulgação/Julio Okubo Joias

O joalheiro Julio Okubo morreu aos 93 anos na última terça-feira, 10. Fundador da Julio Okubo Joias, empresa que completa 53 anos em 2018, o filho de imigrantes japoneses começou ainda adolescente a trabalhar com joias. Quando sua família desembarcou no Brasil, em meados da década de 1920, sua mãe, Rosa, começou o trabalho com pérolas que, mais tarde, tornaria-se parte da identidade dos Okubo.

A trajetória de Julio ajudou a moldar o setor joalheiro no país, deixando um importante legado para o mundo da moda e das artes.