Modelo Teddy Quinlivan revela ser uma mulher transgênero

Redação - O Estado de S.Paulo

'Decidi contar minha identidade por causa do clima político atual', disse ela

A norte-americana Teddy Quinlivan já participou de desfiles de alta-costura da Dior

A norte-americana Teddy Quinlivan já participou de desfiles de alta-costura da Dior Foto: AFPPHOTO / FRANCOIS GUILLOT

A modelo norte-americana Theodora Quinlivan, de 23 anos, está fazendo sucesso na Nova York Fashion Week - nesta temporada, ela desfilou para marcas como Jeremy Scott, Carolina Herrera e Diane Von Furstenberg. Aproveirando o sucesso profissional, ela publicou uma série de vídeos no Instagram revelando ser uma mulher transgênero. Neles, aparecem imagens dela na infância, antes da transição, em contraste com filmagens atuais. 

"Eu me lembro de viver sentindo que estava interpretando um papel", disse ela. "Sempre soube que era mulher no meu coração, na minha alma e no meu cérebro, mas tinha que fingir que era homem para agradar todo mundo. Em certo ponto, eu parei de ligar". 

Em entrevista ao portal da CNN, ela explicou que a decisão de se assumir trans foi um ato político. "Decidi revelar minha identidade por causa do clima político atual", explicou. "Sou muito sortuda em estar em uma posição que nunca achei que estaria. É importante usar esta vantagem em um momento como esse."