Modelo de 67 anos desfila para a UMA no primeiro dia da SPFW

- O Estado de S.Paulo

Suzana Kertzer chamou atenção na apresentação da marca de Raquel Davidowicz

Suzana Kertzer na passarela da UMA.

Suzana Kertzer na passarela da UMA. Foto: Maria Rita Alonso/Estadão

A ex-modelo Suzana Kertzer, de 67 anos, chamou a atenção no desfile da UMA, que aconteceu na Pinacoteca de São Paulo na segunda, 13. A ideia de Raquel Davidowicz ao convidar sua prima, que na juventude foi capa da revista Cláudia e trabalhou com Costanza Pascolato e Tripolli, para apresentar a coleção da grife foi defender a bandeira da diversidade. "Hoje a roupa não tem idade, então não tem por quê só mostrar em modelos tão jovens", declarou a designer, acrescentando que tem muitas clientes 'bacanérrimas' com mais de 70 anos, que consomem moda e usam suas roupas. "Elas são as mais ousadas, que se vestem com muita personalidade." 

"Esse foi o maior presente que a Raquel me deu", disse Suzana antes da apresentação. "Eu me sinto emocionada. É como se tivesse sido convidada para participar de novo desse mundo da moda, que é um universo divertido que eu sempre gostei." 

Na coleção, silhuetas alongadas, sofisticadas e esportivas, mesclando peças volumosas com a fluidez de tecidos mais leves. Jaquetas e casacos acolchoados esportivos apareceram ao lado de macacões longos, sais de tafetá, malha ou lã e vestidos drapeados.  Tudo em preto, branco, vermelho e grafite. Nos pés, botas de couro com o solado bem forte de borracha reforçada, estilo militar.