Menino de ouro: o terno dourado e a moda de Neymar

Giovana Romani e Marília Marasciulo - O Estado de S.Paulo

Fora dos campos, o atacante do Barcelona é craque em exibir roupas ousadas, cheias de estilo e irreverência. Por exemplo, o blazer metalizado ostentação que usou em São Paulo na última segunda, 7

Neymar posa ao lado da irmã, Rafaella Santos, que comemorou o aniversário de 20 anos em uma casa sertaneja paulistana. Rafaella usou um minivestido preto todo bordado, feito sob medida pela estilista Dani Messih combinado com sapatos de saltos vertiginosos da grife Christian Louboutin. 

Neymar posa ao lado da irmã, Rafaella Santos, que comemorou o aniversário de 20 anos em uma casa sertaneja paulistana. Rafaella usou um minivestido preto todo bordado, feito sob medida pela estilista Dani Messih combinado com sapatos de saltos vertiginosos da grife Christian Louboutin.  Foto: EDUARDO MARTINS/BRAZIL PHOTO PRESS

Rafaella Santos, a irmã de Neymar, caprichou no look para sua festa de aniversário de 20 anos, comemorada em uma casa sertaneja paulistana na última segunda, 7. Usou um minivestido preto todo bordado, feito sob medida pela estilista Dani Messih (famosa por seus vestidos de noiva) combinado com sapatos de saltos vertiginosos da grife Christian Louboutin. Ainda assim, no quesito 'moda' acabou ofuscada pelo irmão famoso. O craque do Barcelona surgiu de calça justa preta, camiseta preta e um chamativo blazer dourado (de marca não revelada por ele). Ainda lançou mão do tênis do momento, o Adidas Superstar branco (com um detalhe dourado), além de corrente com crucifixo e brincos de brilhantes e chapéu coco (seu novo acessório preferido).

Não demorou para o visual irreverente/ostentação virar assunto nas redes sociais. Espirituoso, do tipo que gosta mesmo de causar, o próprio Neymar postou na quinta, 10, uma foto da produção em seu Instagram. Aparece cheio de pose ao lado do cantor Thiaguinho e do ator Rafael Zulu, com a legenda "diretoria". O exagero fashion faz parte do show - fora dos campos - dos maiores jogadores do planeta - como esquecer do terno Dolce & Gabbana vinho de cetim de Messi e das joias de Cristiano Ronaldo? Nada, claro, que se compare aos cortes de cabelo originais, às tatuagens em profusão e aos looks fashionistas de Neymar.

Segundo a assessoria do jogador, é ele quem escolhe e monta as próprias produções. “Neymar brinca com a moda, derruba barreiras e acaba até lançando tendências", diz Sergio Amaral, diretor de redação da L’Officiel Hommes. "Por mais que as pessoas interpretem como ostentação, acho que esse não é o objetivo. Ele usa essas roupas porque acha legal e porque pode. Quer brincadeira maior do que o golden boy do Brasil aparecer com um blazer dourado?” Para o jornalista, o visual extravagante dos jogadores de futebol é um fenômeno de moda interessante. "Eles ultrapassam as fronteiras do futebol e usam a própria imagem para transmitir outro tipo de informação, mostrar novas possibilidades para se vestir e que não é necessário se levar tão a sério.”

 

Várias escolhas de Neymar já viraram tendência - a começar pelo antigo corte de cabelo, copiado à exaustão. A mais recente foi o chapéu coco. A peça, há tempos enterrada no guarda-roupa masculino, voltou à circulação depois que o atacante usou um modelo na cerimônia de entrega da Bola de Ouro da FIFA, no início do ano. O mesmo vale para os bonés usados para trás, meio de lado, marca de Neymar e copiada por milhares de garotos Brasil e mundo afora. Será que a moda do blazer dourado pega também?