Menina com mais de 500 marcas de nascença supera bullying e vira modelo

- O Estado de S.Paulo

Espanhola Alba Parejo já foi chamada de 'alien' e 'Dálmata' por causa de suas manchas

A jovem Alba Parejo possui melanose congênita, que faz com que seu corpo seja coberto por manchas

A jovem Alba Parejo possui melanose congênita, que faz com que seu corpo seja coberto por manchas Foto: www.instagram.com/albaparejo_

Apesar de ter sofrido bullying a vida toda por conta de sua aparência, a estudante Alba Parejo deu a volta por cima e virou modelo de um anúncio sobre positividade do shopping Anec Blau, em Barcelona. 

A estudante espanhola de 16 anos tem melanose congênita, uma doença que faz com que seu corpo seja coberto por manchas grandes e escuras. Antes de completar cinco anos, ela já tinha passado por 30 cirurgias para remover os mais de 500 sinais que possui.  Alba conta que durante toda a vida ouviu comentários negativos sobre sua pele. "Diziam que eu não conseguiria arrumar um namorado, me chamavam de 'Dálmata' ou 'alien'", disse a menina ao portal britânico Daily Mail.

 

People are born to be different. Yet most people spend their whole life trying to fit in and be the same as everyone else ☝#bareyourbirthmark

Uma publicação compartilhada por Alba Parejo (@albaparejo_) em

Em 2016, a jovem tomou a decisão de compartilhar com seus amigos a verdade sobre sua doença e postou algumas fotos no Twitter. A publicação teve 1,5 mil curtidas e 971 compartilhamentos , além de vários elogios de internautas do mundo todo. Foi quando Alba se inscreveu no concurso promovido pelo shopping, do qual foi vencedora."Me sinto feliz agora, amo quando as pessoas reagem positivamente sobre minha doença", concluiu. "Elas acham meu corpo fantástico e artistas amam minha pele, eles a veem como arte."