Marca esportiva cancela compras da Black Friday e irrita consumidores

- O Estado de S.Paulo

Adidas suspendeu mais de seis mil vendas promocionais realizadas no dia 26 alegando erro no e-commerce, em que todas as peças estavam por R$ 129,90

A Adidas se comprometeu em devolver 100% do dinheiro aos consumidores

A Adidas se comprometeu em devolver 100% do dinheiro aos consumidores Foto: Reprodução/Instagram

Segundo a Fundação Procon-SP, a Adidas foi a líder do ranking de reclamações da Black Friday deste ano no Brasil. Isso porque o dia de ofertas ocorreu na sexta, 26, e, no sábado, 27, a empresa cancelou as mais de seis mil compras feitas em seu e-commerce. Em comunicado, a Adidas declarou que durante a Black Friday todos os produtos estavam com o preço de R$ 129,90 por causa de um erro no sistema. A grife garantiu ainda que irá devolver 100% do valor das compras aos clientes. 

Fátima Lemos, assessora técnica de atendimento da Fundação Procon-SP, explica que a legislação prevê o cumprimento da promoção independentemente de problemas internos da empresa. "Mas acordos podem ser feitos individualmente com cada cliente", afirma. O órgão de defesa do consumidor recomenda que quem se sentiu lesado deve primeiramente procurar a marca para tentar solucionar o problema e, caso não seja resolvido, pode entrar em contato com o Procon. 

No Reclame Aqui, site especializado em reclamações de consumidores, internautas afirmaram que suas compras foram canceladas sem justificativa. Alguns afirmam já ter entrado em contato com a marca, que mandou um cupom de 30% de desconto para compras futuras. 

Leia na íntegra o comunicado da Adidas: 

Esclarecemos que, devido a problemas operacionais em nosso site, adidas.com.br , ocorridos no dia 26/11/16, das 6h às 15h, tivemos que cancelar todos os pedidos efetuados no período. A Adidas é uma empresa comprometida com os seus consumidores e sempre busca atendê-los com o mais alto nível de excelência. Assim, com o intuito de minimizar eventuais transtornos, além de garantir nenhum prejuízo financeiro aos nossos clientes, que terão devolução integral dos valores, estamos entrando em contato individualmente com todos que realizaram compras no período.  

Os problemas operacionais foram gerados por falhas sistêmicas na interface entre nossa plataforma de vendas online e nossos sistemas de back-office, que alteraram de maneira aleatória e variada as quantidades de inventário dos produtos disponíveis para venda no período. Além disso, os preços de diferentes artigos foram alterados para R$ 129,99, em alguns casos reduzindo drasticamente seu valor de venda, e, em outros, deixando o produto mais caro que seu preço original, aumentando significativamente, onerando erroneamente os consumidores que concluíram suas compras. Muitos produtos protegidos de descontos, listados no regulamento da promoção como não incluídos, também passaram a ter descontos aleatórios superiores a 50%, contradizendo as divulgações (descontos de até 50%) realizadas para o evento Black Friday e Cyber Monday. Com o intuito de não prejudicar nenhum consumidor, o e-commerce da Adidas foi colocado em manutenção e ficou off-line por aproximadamente 5 horas, para que nossos técnicos pudessem verificar e corrigir a acurácia  de todos os dados variáveis impactados.