Gucci assina acordo para não usar mais pele em suas coleções

Redação - O Estado de S.Paulo

'Peles não são modernas, são datadas', declarou Marco Bizzarri, presidente da grife

Gucci anunciou que não irá mais usar pele de animais

Gucci anunciou que não irá mais usar pele de animais Foto: Valerio Mezzanotti/The New York Times

O mundo da moda parece estar caminhando em direção a abolição do uso de pele animal. A Gucci é a mais nova marca a anunciar que não irá mais trabalhar com o material em suas próximas coleções, inclusive assinando um compromisso com a Aliança Livre de Pele, organização que visa acabar com a exploração animal na indústria da moda. 

"Eu não acho que usar pele é moderno, é datado. Por isso tomamos esta atitude", declarou Marco Bizzarri, presidente da grife ao portal Business of Fashion. "A criatividade pode ir em muitas outras direções ao invés de usar pele." 

A Gucci se une ao grupo Armani e marcas como Hugo Boss, Calvin Klein, Tommy Hilfiger e Ralph Lauren, que não usam o material. O site Net-A-Porter também não comercializa qualquer produto do gênero.