Flechas e mandalas estão entre as tatuagens do momento

Monique Torres - O Estado de S.Paulo

Saem os florais e os tribais, entram os triângulos e traços minimalistas; veja galeria dos desenhos mais procurados segundo tatuadores

Saem os florais e os tribais, entram em alta os triângulos e traços minimalistas

Saem os florais e os tribais, entram em alta os triângulos e traços minimalistas Foto: Reprodução

Se antes a tatuagem era marginalizada e precisava ficar até escondida em ocasiões  formais, hoje ela tem passe livre em boa parte dos ambientes. Jogadores de futebol, atrizes de Hollywood, popstars... Quase todo mundo tem um desenho para chamar de seu. Não raro, são eles os responsáveis pela proliferação de tattoos que viram modinha. Um exemplo? A tatuagem da cantora Rihanna no dedo indicador com a palavra "Shhhh" (há algum tempo o posto de tattoo mais replicada era da estrela no pulso de Gisele Bündchen).

O assunto alcançou tamanha importância que ganhou até um censo, o primeiro específico do tema no Brasil, realizado em 2013. Segundo a pesquisa, o brasileiro com tatuagem é jovem e tem ensino superior. Além disso, a maior parte, 59,9%, é de mulheres.  

"As pessoas têm me procurado muito para fazer trabalhos no estilo aquarela, técnica que permite muita flexibilidade", diz o tatuador da SPFW, Rico Fogaça 

"As pessoas têm me procurado muito para fazer trabalhos no estilo aquarela, técnica que permite muita flexibilidade", diz o tatuador da SPFW, Rico Fogaça  Foto: Reprodução

Tatuador há 14 anos, Rico Fogaça é um dos mais festejados na área atualmente - foi ele o responsável por fazer desenhos em famosos e fashionistas na última SPFW. "Hoje o que está em alta são as tattoos minimalistas com traços geométricos", afirma.  "As pessoas também têm me procurado muito para fazer trabalhos no estilo aquarela, técnica que permite muita flexibilidade". Segundo Fogaça, outros itens em alta são mandalas, desenhos nas mãos, desenhos de pulseiras e braceletes, escritos pequenos e animais como lobos e cervos. Já os florais havaianos e os tribais estão em baixa.