Estilistas apostam na infalível subversão

Maria Rita Alonso - Impresso

Do fraque inspirado na androginia à ode ao novo feminismo, os desfiles se inspiraram no artesanal

Desfiles de Ronaldo Fraga (alto), Alexandre Herchcovitch (esq.) e Reinaldo Lourençco (dir.)

Desfiles de Ronaldo Fraga (alto), Alexandre Herchcovitch (esq.) e Reinaldo Lourençco (dir.) Foto: Sérgio Castro e JF Diorio/Estadão

É difícil concorrer com Gisele Bündchen. Mas, felizmente, nomes poderosos da moda nacional apresentaram coleções de peso - e não foram ofuscados, no terceiro dia da São Paulo Fashion Week, pelo desfile de despedida da top brasileira. Alguns dos estilistas mais conhecidos do País capricharam e apostaram no infalível conceito da subversão.