E-commerce reúne apenas marcas de moda sustentáveis

Isabela Serafim - Especial para O Estado de S. Paulo

TheConcept traz roupas e acessórios divididos em cinco causas que permeiam o meio ambiente

Bolsas da Heri.Tage, que têm certificado de produção em oficina familiar. 

Bolsas da Heri.Tage, que têm certificado de produção em oficina familiar.  Foto: Sitah/TheConcept

Foi-se o tempo em que roupas sustentáveis eram apenas de tons pastel e tinham estilo hippie. Veludo e metalizado - tendências da temporada - aparecem em peso no acervo do e-commerce TheConcept, especializado em peças que respeitam o meio ambiente. Renata Vicente, Samantha Pittzer e Ana Carolina Marques são os nomes por trás da iniciativa, que ainda traz objetos de decoração e utensílios de cozinha. 

“Sustentabilidade é uma urgência e não pode mais ser pensada como um tema isolado. Ela é a base das novas metas do milênio da ONU e permeia todos os objetivos desse momento”, explica Renata Vicente. “Não adianta uma grande empresa ter uma área de responsabilidade socioambiental e não adotar políticas de redução de uso de descartáveis nos escritórios, por exemplo. Sabemos que é preciso tempo - e muita informação - para que a sociedade incorpore em sua rotina. Mas acreditamos que é o único caminho possível.” 

Renata Vicente, Ana Carolina Marques e Samantha Pittzer, sócias do e-commerce.

Renata Vicente, Ana Carolina Marques e Samantha Pittzer, sócias do e-commerce. Foto: Sitah/TheConcept

Para selecionar e categorizar as 60 marcas à venda no endereço virtual, Renata, Samantha e Ana Carolina definiram cinco causas que se relacionam com a onda verde. Na Eco Friendly, ficam as que usam materiais naturais/orgânicos. Animal Friendly define produtos que não são de origem animal. Produção Artesanal é o ‘feito à mão’, com valorização das técnicas e saberes tradicionais. Produção Local incentiva o comércio de determinada região, priorizando pequenos empreendedores. Por último, Atitude Solidária, que tem capacitação de mão de obra, doação de parte da venda ou esquema compre e doe. 

Sapato da Kasulo, que usa sola de pneu reciclado.

Sapato da Kasulo, que usa sola de pneu reciclado. Foto: Sitah/TheConcept

A curadoria do trio conta com as premissas ecológicas dos grupos, mas também são levados em consideração o estilo e a beleza das peças. De acordo com as sócias, a bandeira do TheConcept não é ‘boring’, atende às necessidades da moda e se encaixa nas tendências. Passeando pela plataforma, o consumidor consegue encontrar itens superfashionistas mesmo, como os das marcas Air, Comas e Mig Jeans. Os acessórios da Xaa, grife que entra no ranking dos mais vendidos, são altamente desejáveis. E o bacana é que todas as peças vêm com uma explicação em um box ‘Por que é consciente?’, na página do produto. A Saissu também chama a atenção, já que faz parcerias com artesões de comunidades diferentes do Piauí e Amapá. 

E se depender delas, a história vai longe. “A TheConcept é fruto da sinergia que movimenta o mundo”, conta Samantha. “Queremos expandir a moda sustentável brasileira para outros mercados. Em 2018, a ideia é estruturar o site para fazer entrega fora do País.” Que assim seja.