Dupla de designers faz adereços fashionistas para o carnaval

Giuliana Mesquita - O Estado de S.Paulo

Diretores de arte especialistas em cenografia, Zeca Gerace e Victor Corrêa criam acessórios carnavalescos artesanais e moderninhos

De lagostas à penduricalhos, tudo pode virar acessório nas mãos de Zeca e Victor

De lagostas à penduricalhos, tudo pode virar acessório nas mãos de Zeca e Victor Foto: Divulgação

A turma moderna da noite paulistana não curte carnaval, certo? Bem, a julgar pela dupla de designers Zeca Gerace e Victor Corrêa, a ideia não passa de um pré-conceito. Donos do Estúdio Xingu, que há quinze anos atua nas áreas de cenografia e direção de arte, eles decidiram estender sua criatividade para a folia e elaboraram uma série de adereços para a cabeça. “Como nossa linguagem visual já é extravagante, preferíamos não associá-la ao carnaval”, conta Zeca. “Mas mudamos de ideia, pois vimos que nosso trabalho traz uma estética nova para esse universo.”

Aqui, a peça batizada de Xingu Xangai brinca com bonequinhas chinesas

Aqui, a peça batizada de Xingu Xangai brinca com bonequinhas chinesas Foto: Divulgação

Feitos com penas, caixas e outros objetos variados, os acessórios caíram no gosto de amigos da dupla e da turma moderna da moda. Cada peça é única e exclusiva, já que o processo é todo artesanal, e, se você tiver sorte, ainda pode encontrar algumas delas na Cartel 011, que as vende com exclusividade neste carnaval. Gostou? Então corre lá.

A cabeça Arma de Jorge foi construída em cima de um boné com folhas e um santo de plástico. A gente amou!

A cabeça Arma de Jorge foi construída em cima de um boné com folhas e um santo de plástico. A gente amou! Foto: Divulgação