NYFW: Duas grandes grifes anunciam a saída de seus diretores criativos

Redação - O Estado de S. Paulo

Carolina Herrera deixará a direção criativa de sua marca homônima, e Jason Wu sairá da Hugo Boss. Já a Courreges divulgou o nome de sua nova designer

Carolina Herrera deixou a direção criativa de sua grife homônima após 37 anos de sua criação

Carolina Herrera deixou a direção criativa de sua grife homônima após 37 anos de sua criação Foto: REUTERS/Caitlin Ochs

Na última sexta-feira, 9, a indústria da moda internacional foi pega de surpresa quando Carolina Herrera anunciou que deixaria a direção criativa da marca que leva o seu nome, 37 anos depois de criá-la. A estilista deixou claro que não está se aposentando, apenas irá trocar de posição, se tornando embaixadora global da grife. Quem irá assumir os designs da casa é Wes Gordon, que já trabalhava com Carolina há quase um ano como consultor criativo na empresa. A primeira coleção assinada por Gordon será a linha de Resort 2019.

Ontem, 13, Jason Wu também divulgou que não irá mais trabalhar para a grife alemã Hugo Boss. Seu desfile apresentado durante a Semana de Moda de Nova York foi o último que assinou como diretor criativo da casa. Wu estava no posto há 5 anos e comentou que gostaria de focar mais em sua marca homônima, que está em expansão no mercado da Ásia. 

Na dança das cadeiras dos estilistas, houve ainda um anúncio de nova diretora criativa. A Courreges anunciou hoje, 14, que a alemã Yolanda Zobel será a nova estilista da casa, que já estava sem um designer responsável há 7 meses, desde a saída da dupla Sébastien Meyer e Arnaud Vaillant. A primeira coleção de Yolanda para a marca será a de Verão 2019, apresentada em setembro. 

 

Yolanda Zobel named artistic director of Courrèges #courreges Photo @mark_peckmezian

Uma publicação compartilhada por bonjour courrèges (@courreges) em