Bouchra Jarrar deixa direção criativa da Lanvin

Pscale Denis - Reuters

Estilista fez apenas duas coleções para a grife francesa

Bouchra Jarrar também é estilista da marca que leva seu nome

Bouchra Jarrar também é estilista da marca que leva seu nome Foto: AFP PHOTO / Miguel Medina

A Lanvin anunciou na quinta, 6, a demissão da designer Bouchra Jarrar. Uma fonte contou à Reuters que a decisão foi tomada por causa da queda nas vendas e da crise financeira que a grife está enfrentando. 

Segundo a mesma pessoa, Bouchra, que assumiu o cargo em março de 2016, "estava muito enfraquecida por causa da falta de sucesso das suas coleções". A estilista francesa não será responsável pela coleção de primavera-verão, apresentada em setembro em Paris. 

Fundada em 1889, a marca é a mais antiga da França e uma das únicas que continua independente, resistindo à dominação de grupos multimarcas como LVMH e Kering, mas está passando por um período turbulento desde a saída do designer Alber Elbaz, em 2015. 

A renda líquida da Lanvin caiu 18,3 milhões de euros no último ano, sua primeira baixa em quase uma década. A previsão é que a grife perca mais 27 milhões de euros em 2017, segundo fontes. Ainda há expeculações de que as vendas teriam caído 23% em 2016, chegando a 162 milhões de euros. Nos dois primeiros meses de 2017, as vendas diminuíram 32%.  

A Lanvin e a estilista não quiseram se pronunciar.