"Às vezes não me reconheço"

Marília Marasciulo - O Estado de S.Paulo

Vilão em Babilônia e rosto da grife Cavalera, o ator fala sobre estilo, vaidade e sobre as transformações pelas quais passa para viver seus personagens

O ator Bruno Gagliasso é o novo rosto da grife Cavalera e esteve presente no lançamento da linha de produtos da Barbearia Cavalera

O ator Bruno Gagliasso é o novo rosto da grife Cavalera e esteve presente no lançamento da linha de produtos da Barbearia Cavalera Foto: Divulgação

Além do reconhecimento pelo trabalho na TV e no cinema, o ator Bruno Gagliasso é também um ícone de estilo e beleza. No ar na novela Babilônia, capa da revista masculina GQ deste mês e rosto da grife Cavalera, ele chama a atenção pelos olhos azuis e pelo visual meio rocker, cheio de atitude, com peças escuras, jaquetas e acessórios - principalmente anéis (muitos anéis). Gagliasso esteve em São Paulo na última quinta-feira, 6, durante o lançamento da linha de produtos da Barbearia Cavalera, e falou sobre moda e vaidade. 

Para viver cada papel, você precisa passar por muitas transformações, algumas até mesmo drásticas. Como lida com isso?

Esse é o meu ofício, é o que eu amo e sei fazer. Então lido da melhor forma possível, procuro não quebrar a cabeça. É natural.

Houve algum particularmente desafiador, tanto na transformação quanto na volta ao normal?

Pintar o cabelo de branco para fazer um filme. E também para atuar em ‘Mato Sem Cachorro’, pois tive que deixar a barba e o cabelo crescer e tomava banho dia sim, dia não. Foi realmente complicado!

 

Alguma vez já se olhou no espelho e se estranhou?

Várias vezes. Mais do que quando me olho no espelho, na hora de fazer o personagem mesmo eu me estranho. Às vezes não me reconheço, é impressionante, fico assustado.

Como cuida do corpo?

Adoro fazer dieta e faço várias. O que me ajudou a mudar meu corpo e minha alimentação foi o Crossfit. O método que eu faço é o Self P9, que é super avançado e me ajuda em tudo. Minha alimentação, meu sono e minha pele melhoraram depois que comecei a praticar.

E tem mais algum ritual de beleza?

Meu corpo é meu instrumento de trabalho, então depende muito do personagem que eu esteja fazendo no momento. Agora, por exemplo, antes de gravar, eu tenho que fazer a barba todos os dias e eu tenho a pele muito sensível. Então uso aquele creme ali (aponta para um dos cremes da Cavalera) com lâmina de barbear mesmo. Aliás, também indico o pós-barba da Cavalera, que é muito bom.

 

Como você definiria seu estilo? 

Tem muito a ver com o da Cavalera, mas não gosto de usar um visual inteiro só de uma marca, acho legal misturar. E a Giovanna (Ewbank, mulher de Bruno) entende muito de moda, a mãe dela é stylist... Então ela também opina no que eu visto.

 

Qual a sua peça preferida?

Estou amando essa jaqueta da Louis Vuitton e essa calça da Cavalera, eu não tiro. Aliás preciso até pegar outra... É o meu look preferido do momento, por isso vim com ele!

 

E tem alguma roupa que não usaria?

Não é muito minha cara usar um macacão.

Como você enxerga a moda masculina atual?

Acho que a moda masculina está mudando para melhor. Vejo que as pessoas estão ousando e gosto disso, até porque sempre uso o que tenho vontade. Não me importo se algo está ou não na moda, se alguém vai gostar ou não. Uso o que quero usar e o que me faz sentir confortável. Acho que moda é isso, você se sentir seguro e bem. 

Tem algum ícone de estilo?

Gosto muito do Johnny Depp, acho ele super estiloso.

Você adora tatuagens. Elas não atrapalham na hora de fazer um papel?

Tenho treze tatuagens e a mais recente é o anjo que fiz no braço direito, com um tatuador sueco. Elas nunca atrapalharam, pois existem maquiagens poderosas para escondê-las. A Globo tem um produto muito bom, mas uso um que comprei no exterior, específico para maquiagem, a Giovanna é que sabe o nome... (O produto é o Dermablend Professional.)