'As pessoas têm que gostar das tendências que caem bem nelas', diz Melissa Rivers, do Fashion Police

Anna Rombino - Especial para O Estado de S. Paulo

Filha da lendária crítica de moda comediante Joan Rivers, apresentadora americana fala dos novos rumos da moda mundial e avalia looks de tapete vermelho das brasileiras

Melissa Rivers é apresentadora do Fashion Police, do E! 

Melissa Rivers é apresentadora do Fashion Police, do E!  Foto: REUTERS/Patrick T. Fallon

A apresentadora Melissa Rivers carrega a moda em seu DNA. Ela é filha da lendária comediante americana Joan Rivers, morta em 2014, que foi pioneira ao falar dos looks das atrizes do tapete vermelho de forma ácida, sem papas na língua.  

As duas trabalharam juntas durante anos, tanto em coberturas de red carpet quanto no programa Fashion Police, do canal de TV por assinatura E! Entertainment - a atração tem como mote o julgamento das produções das famosas.

Foi natural que, após a morte da mãe, Melissa deixasse os bastidores e assumisse o comando do programa. Em visita ao Brasil, Melissa falou com Estadão nesta quinta, 8, sobre os rumos da moda mundial e ainda avaliou os looks das brasileiras no tapete vermelho. Confira. 

Sua mãe foi a precursora do uso da famosa pergunta 'o que você está usando' no tapete vermelho. O que você acha do movimento 'ask her more', em que a atrizes pedem que os repórteres perguntem outras coisas, além disso, no tapete vermelho? 

Essa é difícil! A maior parte dessas mulheres não pagam pelos vestidos que estão usando e a moeda de troca é que elas promovam o que estão vestindo. Hoje em dia, muitas delas até são pagas para usar as roupas. Então, tudo bem, pergunte mais, mas também se certifique de que elas possam fazer o seu trabalho de divulgação. Se elas não querem falar, e pagam por suas roupas, tudo bem, eu não preciso perguntar. É uma faca de dois gumes. Acredito que temos que falar sobre outras coisas, mas também, no tapete vermelho, quando você está nervoso e sob pressão, não vai conseguir discutir política. Se você não quer falar sobre seu vestido, não aceite o pagamento, certo? Eu aceito por você!

Ultimamente temos falando muito do see now/buy now, movimento dos estilistas colocarem as roupas à venda logo após os desfiles. O que acha disso?

Acho ótimo! Quando você vê, você quer. Eeu não quero esperar seis meses para comprar o vestido que acabei de ver na passarela. Se está frio, eu quero poder entrar nas lojas e comprar um ótimo suéter, não quero um vestido de verão. 

Qual a sua tendência favorita do momento? 

Estou gostando muito de babados, do jeito que estamos vendo na Gucci. 

E qual você mais odeia? 

Calças de cintura alta: eu as odeio! Ficam horríveis em mim, parece que minha cintura fica colada nos meus seios. Ai que está o truque: as pessoas tem que gostar das tendências que caem bem nelas. Se calças de cintura alta ficassem bonitas em mim, eu provavelmente as amaria. 

Qual a melhor parte de fazer o Fashion Police? 

Nós nos divertimos muito gravando o programa. Quando nos reunimos antes, não falamos nada sobre o conteúdo, então é muito divertido quando estamos com a câmera ligada e alguém fala sua opinião e surpreende. É um choque, tipo: 'sério que você odiou isso?'. Acho que essa é a parte mais legal.