Vaticano condena uso de pílula abortiva

EFE - O Estado de S.Paulo

O Vaticano condenou firmemente ontem a comercialização na Itália da pílula abortiva RU486, autorizada pela Agência Italiana de Medicamentos (Aifa). "A Igreja não pode assistir de forma passiva ao que ocorre na sociedade", disse o monsenhor Rino Fisichella, presidente da Pontifícia Academia da Vida. Ele lembrou que a Igreja condena o aborto.