Unifesp abre amanhã inscrição para vestibular

- O Estado de S.Paulo

Nota do Enem será usada como primeira fase nos cursos mais concorridos, como Medicina

As inscrições para o vestibular da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) começarão a ser feitas amanhã e seguirão até o dia 30 de setembro. Todo o processo deverá ser realizado pela internet, no site www.vestibular.unifesp.br. Os candidatos deverão pagar uma taxa de R$ 76 em qualquer agência bancária ou banco eletrônico. Para participar do processo seletivo é necessário informar o número do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2009, que funcionará como uma primeira fase para os cursos mais concorridos da instituição, como Medicina, Ciências Biológicas e Enfermagem. As provas serão aplicadas nos dias 17 e 18 de dezembro. No primeiro dia, candidatos farão provas de língua portuguesa, estrangeira e redação. No segundo dia, a avaliação será de conhecimentos específicos. A divulgação dos resultados acontecerá em 28 de janeiro. Para alguns cursos, como Educação Física, Fisioterapia, Nutrição, Psicologia, Serviço Social e Pedagogia, a Unifesp fará a seleção apenas com os resultados do Enem. A inscrição será após o dia 8 de janeiro, data em que deverão ser divulgados os resultados da nota integral do exame pelo Ministério da Educação (MEC). ESTADUAIS As inscrições para a Universidade de São Paulo (USP) estão abertas até o dia 11 de setembro. Pela primeira vez, todo o processo deverá ser feito exclusivamente pela internet, no site www.fuvest.com.br. Candidatos que ainda não receberam o número de inscrição do Enem podem usar apenas o CPF. Os locais de exame serão divulgados no dia 16 de novembro. Na Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), os candidatos têm até o dia 6 de outubro para fazerem a inscrição. O formulário de inscrição e as informações necessárias estão disponíveis no site www.comvest.unicamp.br. A taxa de inscrição é de R$ 115. A Universidade Estadual Paulista (Unesp) iniciará as inscrições para seu vestibular entre os dias 8 de setembro e 2 de outubro. Neste ano, pela primeira vez, as provas serão aplicadas em duas fases. A primeira, de conhecimentos gerais, será composta por 90 questões de múltipla escolha.