Sites promovem encontros entre doentes

Lola Felix - O Estado de S.Paulo

Honestidade é o principal motivo para reunir pessoas com as mesmas enfermidades

Ele sente dores pelo corpo, ela também. Eles se amam e são felizes. Se algumas doenças, como aids e alcoolismo, podem fazer com que uma pessoa desista de um namoro, para outras elas podem funcionar como uma espécie de cupido.    É essa a idéia de criadores de sites como o Prescription Love e do Dawn Disabled Love, que se propõem a unir pessoas com as mesmas enfermidades.   Segundo o prescription4love, namorar alguém saudável quando se tem um problema de saúde pode ser difícil, ainda mais se é preciso revelar a doença.   O fim (do namoro) pode ser inevitável. O site oferece mais de mil perfis de pessoas com diabetes, artrite, esclerose múltipla, entre outros problemas.     Iniciativa   Inaugurado em 1996, o Differently Abled Winner's Network (D.A.W.N.) tem 800 participantes. Em comum, compartilham deficiências físicas e mentais. Sua criadora, Wendy Wolf, teve poliomielite aos quatro anos, e desde então, usa uma cadeira de rodas. "Criei o serviço pela minha experiência pessoal.   Quando adolescente, eu esperava que minha mãe pagasse a alguém para sair comigo. A solidão e o isolamento que senti quando adolescente eram mais debilitantes do que a própria deficiência", disse Wolf à Revista JT. Até agora, o D.A.W.N. já promoveu 18 casamentos e dezenas de relações estáveis, segundo sua criadora. O site também aceita cadastro de pessoas não-deficientes.