Saúde e bem-estar

- O Estado de S.Paulo

Durante um jogo de golfe, o praticante caminha por um percurso médio de 3,2 quilômetros, para uma volta de nove buracos, e 6,6 quilômetros, para uma volta de 18 buracos. Aí começam os benefícios à saúde, como o estímulo à circulação e o aumento da resistência física. Enquanto isso, as tacadas contribuem para reforçar a musculatura e as articulações das munhecas e dos braços, e ainda para ampliar o domínio sobre os movimentos. Ao longo de uma partida completa, a pessoa passa cerca de quatro horas em atividade, respirando ar puro e apreciando o entorno, geralmente uma bela paisagem, repleta de vegetação, pássaros e lagos. O relaxamento é inevitável, e não há estresse que resista à atividade. O golfe também exige bastante concentração e, conseqüentemente, um distanciamento dos problemas cotidianos. Essa capacidade é aumentada com a sua prática freqüente.