Protocolo

- O Estado de S.Paulo

Não fornecer o e-mail corporativo para amigos e familiares, não utilizá-lo para assuntos que não sejam pertinentes ao trabalho, nem cadastrá-lo em sites de compras, entretenimento e outros. Receber correspondência particular no ambiente corporativo, mesmo que em um webmail, pede a maior discrição possível. Qualquer um pode ler. Usar o e-mail da empresa para assuntos referentes apenas à vida empresarial. Não encaminhar para colegas da empresa mensagens pessoais com piadas, poemas, fotos, etc. Ao enviar qualquer anexo, tenha certeza de que o destinatário está esperando o material ou tem interesse em recebê-lo. De preferência, consultá-lo antes de enviar e ter cuidado com o tamanho e a extensão do arquivo. Nunca pressupor que um e-mail foi recebido e lido. A mensagem pode ter sido bloqueada pelo anti-spam do servidor da empresa. Em caso de assuntos importantíssimos, use o telefone. Ser discreto em comunidades virtuais. Lembrar-se de que qualquer um pode acessá-las, inclusive seu chefe ou aquele colega de trabalho que não vê a hora de estar no seu cargo. Se desejar muito manter um blog, fugir de qualquer assunto que comprometa a empresa ou que possa ser prejudicial à sua imagem profissional. Usar mensagens instantâneas comedidamente, de forma que não comprometa sua administração do tempo. Seu chefe saberá se você passou o dia todo teclando com amigos ou se efetivamente fez o seu trabalho.