Projeto com a Unifesp visa barrar anorexia

Agencia Estado - O Estado de S.Paulo

Em tempos de debates exaltados sobre anorexia - por conta da morte da new face Ana Carolina Reston, que sofria da doença -, falar de concurso e medidas de modelo (a saber, 60 cm de cintura, 90 cm de quadril e 1,72 m de altura) pode ser desconfortável. Por isso, a Ford Models, que realiza nesta terça a final do Supermodel Brazil, ofereceu nesta segunda uma palestra sobre nutrição aos 20 concorrentes da seletiva. Os candidatos ainda passaram por exames clínicos e responderam a um questionário sobre hábitos alimentares. A iniciativa faz parte do projeto Saúde Modelo, mantido há seis anos pela agência em parceria com a Unifesp. Coordenado pelo médico Mauro Fisberg, o programa oferece acompanhamento nutricional, dermatológico, ginecológico e urológico a todos os new faces da Ford, gratuitamente. O atendimento inclui visitas periódicas aos apartamentos dos modelos.