Profissionais alternativos

Agencia Estado - O Estado de S.Paulo

Provavelmente pela correria maluca do dia-a-dia, os mais estressadinhos têm buscado, cada vez mais, as técnicas orientais para relaxar o corpo e a mente. No entanto, com o aumento dessa procura, o mercado - obrigatoriamente - tem de abrir espaços para os novos profissionais, a fim de sanar a enorme demanda de alunos. Mas, como a concorrência é grande, só ganha destaque quem aposta em cursos de qualidade. Hoje em dia, já existem escolas técnicas e pós-graduação que gabaritam esses profissionais. A Sociedade Brasileira de Tai Chi Chuan e Cultura Oriental (SBTCC), por exemplo, desenvolveu a pós-graduação em tai chi chuan. Com 450 horas de aula e duração de 18 meses, o curso tem o objetivo de propiciar aos alunos a teoria e a prática complementar da técnica, aliando-as aos conhecimentos já adquiridos dentro de cada área de atuação do estudante. ´O tai chi chuan é um exercício muito procurado, pois abrange todo o corpo do indivíduo sem qualquer risco de lesões, promove oxigenação profunda do organismo, equilibra as emoções, estimula o sistema nervoso e permite que as funções mentais se estabilizem e se ampliem´, garante Maria Angela Vieira de Souza Soci, professora e a presidente do SBTCC. Segundo a profissional, a Organização Mundial da Saúde (OMS) reconhece que o melhor tipo de atividade física para a manutenção da saúde são as atividades moderadas. Por isso, incentiva programas para difundir estas práticas em todos os países onde a obesidade e o sedentarismo tornaram-se uma preocupação governamental ´A aplicação do tai chi chuan em consultórios, escolas e empresas produzem resultados excelentes na melhora da qualidade de vida e excelentes condições de saúde de todos os seus praticantes´, explica Maria Angela. Para participar do curso, é preciso investir R$ 180 na matrícula e pagar mensalmente R$ 390. Para mais informações, basta ligar no 3884-8943. Cursos técnicos Durante os quase 20 anos de existência da Humaniversidade Holística, escola técnica reconhecida pelo MEC, já passaram mais de 40 mil alunos, garante Otávio Leal, diretor do espaço. ´Ensinamos que não é preciso ganhar muito, nem pouco, mas algo que dê para sobreviver. É um trabalho gostoso´, revela Leal. A Humaniversidade dá aulas de reiki, massagem, ioga, meditação e outras técnicas orientais. Para o diretor, quando a escola foi inaugurada, as salas de aula eram lotadas de hippies e macrobióticos. Hoje a cena não é mais a mesma. ´Os alunos procuram as técnicas orientais como profissão. Porém, tento tirar essa idéia da mente deles, pois para ser terapeuta é preciso ser idealista. Muita gente quer o certificado, mas é preciso ter interesse em aprender.´ O curso, batizado de naturopatia, engloba várias técnicas orientais e tem duração de dois anos, com 1.200 horas de aula. A mensalidade sai por R$ 420. Se o aluno se inscrever em outro curso, o preço da mensalidade pode ser negociado. Todas as sextas-feiras, a escola abre o espaço para toda a comunidade e, por apenas R$ 10, é possível receber uma massagem feita por algum aluno da escola, sempre supervisionada pelos professores. ´O preço é simbólico, mas a massagem é profissional´, garante o diretor, que, além disso, lembra que é preciso marcar o horário com antecedência. Para mais detalhes, ligue no 5055-0880.