Prisão é ilegal, diz advogado

Bruno Tavares - O Estado de S.Paulo

O criminalista José Luís Oliveira Lima, que defende o médico Roger Abdelmassih, classificou de "manifestamente ilegal" o decreto de prisão preventiva contra seu cliente, expedido pela 16ª Vara Criminal. "O dr. Roger é réu primário, tem bons antecedentes, possui residência fixa, compareceu à polícia todas as vezes em que foi chamado, esteve no exterior recentemente para um congresso e retornou ao País - ou seja, não tem nenhum motivo para deixar o Brasil", assinalou Lima. "Essa prisão, da forma como foi decretada, é inadmissível em um Estado democrático de direito." O advogado vai ingressar hoje com pedido de habeas corpus no Tribunal de Justiça de São Paulo em favor de Abdelmassih a fim de que o médico possa responder ao processo em liberdade.