Presa quadrilha que contrabandeava peixes

- O Estado de S.Paulo

A Polícia Federal prendeu anteontem uma quadrilha que comercializava peixes ornamentais ilegalmente - sem autorização do Ibama para a pesca, por exemplo. Iniciada no Pará, a Operação Odoiá envolveu também agentes do Amazonas, São Paulo e Rio, onde foram cumpridos mandados de prisão e busca e apreensão. Ao total, 7 pessoas foram presas e mais de 4 mil peixes, apreendidos.Segundo a delegada da PF de Altamira (PA), Daniela Soares de Araújo, que comandou a operação, a apuração do crime começou há quatro meses, após denúncia anônima. A PF começou pela comercialização do Acari Zebra, um peixinho de 7 cm que pode custar até US$ 1,5 mil no mercado internacional. A investigação descobriu que outras espécies também eram comercializadas ilegalmente, como a piaba (foto).