Posso deixar meu filho brincar de tudo?

Rita Lisauskas - O Estado de S.Paulo

Quais brincadeiras são boas e quais são ruins nos primeiros dez anos de vida do seu filho

Com que idade meu filho pode brincar no parquinho? E com o videogame? A partir de que idade posso deixá-lo jogar?

Quando o assunto é brincar os pais têm muitas dúvidas e, por isso, o "Ser criança" pediu para a antropóloga Adriana Friedmann, autora de "A arte de brincar", fazer uma lista de atividades que são adequadas para os primeiros dez anos de vida do seu pequeno. Mas é claro que depois dessa idade a brincadeira pode e deve continuar.

 

Como os bebês brincam  - Atividades até os 3 anos de idade

Crianças de até 3 anos brincam em tanque de areia

Crianças de até 3 anos brincam em tanque de areia Foto: Werther Santana/Estadão

Nessa fase as crianças precisam sempre do adulto perto e junto. Para os bebês pequenos é importante ter espaços de brincar seguros e sem riscos. Não se recomenda exposição à televisão, ao computador ou vídeos em geral. Se possível, saia com seu bebê todos os dias para tomar sol entre 9 e 11 horas da manhã ou entre às 15 e 16hs. Esteja em contato com a natureza, mas em locais onde não haja risco de contato com urina ou fezes de animais. Se estiver em um parquinho, é importante checar se a areia está limpa e se os brinquedos não têm lascas e cantos pontiagudos. Como a criança leva tudo à boca, a adequação do local da brincadeira e o olhar atento do adulto são essenciais. 

 A criança precisa de estímulos, mas sem exageros. Por isso brincar em shopping centes ou espaços barulhentos e lotados podem deixar os pequenos muito irritados. A partir dos 2 anos os espaços de convivência comunitários e teatrinhos voltados para essa faixa etária podem ser incorporados às atividades da família, desde que haja espaço para a criança se movimentar e o conteúdo exibido não a assuste.  É importante que o adulto se adeque à programação da criança e não ao contrário.

Em casa, é importante que os brinquedos dessas crianças possam ser explorados e levados à boca, resistam a arremessos e não venham a machucá-la. Os sons não podem ser excessivos, mas devem estimular o movimento e curiosidade dessa criança.

 

Eu já sou maiorzinho! - O brincar das crianças de 3 a 7 anos

Crianças acima dos 7 anos brincam ao ar livre

Crianças acima dos 7 anos brincam ao ar livre Foto: Wiki Commons

Nessa fase a criança já fala e sabe explicar o que gosta e o que provoca medo, o que quer ou não fazer. Portanto é importante que ela participe das escolhas dos programas familiares. Já pode ficar em companhia de outros adultos ou crianças por mais tempo, mas precisa saber sempre que a mãe ou o pai voltará para pegá-las em um tempo determinado. É bom permitir o contato com a natureza, com animais e estimular passeios e brincadeiras ao ar livre com equipamentos que a desafie, como bolas, triciclos ou bicicletas. O contato com outras crianças é importante, mas ainda com o acompanhamento de algum adulto. As crianças de 3 a 7 anos já podem assistir à televisão, desde que o programa seja adequando à sua faixa etária, e por um curto período de tempo e sob a supervisão do adulto. Atividades artísticas em casa ou em ateliês onde possam desenvolver sua imaginação e criatividade são muito importantes. Visitas a museus, de preferência os interativos, são sempre bem-vindas. Como essas crianças já usufruem de uma certa independência já podem ter momentos onde brincam sozinhas, com irmãos e amigos, mas sempre com brinquedos que não ofereçam perigo e em espaços seguros. Objetos para o faz de conta como bonecas, carrinhos, casinhas, materiais de pintura, objetos de construção são os que mais as atraem. É sempre bom

conversar com a criança depois de atividades como essas e estimulá-las a contarem o que sentiram, do que gostaram ou não e como foi o contato com outros adultos e crianças. 

 

Tenho um montão de amigos! - A brincadeira das crianças de 7 a 10 anos

Crianças acima de 10 anos brincam em companhia umas das outras

Crianças acima de 10 anos brincam em companhia umas das outras Foto: Wiki Commons

Nessa faixa etária as crianças querem e procuram companhias da mesma idade. Alguns gostam de participar de acampamentos e acantonamentos, atividades em parques e espaços ao ar livre. A televisão, o videogame e o computador devem ser limitados porque essas crianças já têm discernimento e os eletrônicos têm o poder de segurá-los por longos períodos. As crianças precisam de desafios, serem iniciadas nos esportes e serem colocadas em contato com a natureza e a cultura.  É importante estimular a leitura de livros e fazer com que corram, joguem bola, andem de bicicleta, se movimentem. Nessa idade é interessante que participem de atividades oferecidas em espaços de convivência, clubes, ateliês de ciências, de construção de brinquedos. O contato com instrumentos musicais e música pode ser muito estimulante, assim como assistir à filmes adequados a faixa etária, sempre em companhia de adultos. Mas as crianças de 7 a 10 anos também precisam de períodos sozinhas, para que escrevam, pintem, brinquem do que tiverem vontade. Elas não gostam de se sentirem sobrecarregadas de obrigações e, por isso, é fundamental que aproveitem seu tempo para brincar do que quiser e com quem escolher.