Peça multiuso

Virna Wulkan- ESPECIAL PARA O SF - O Estado de S.Paulo

Uma mostra dos modelos de jaquetas que vão se tornar um sonho de consumo nesta estação

Talvez muita gente não saiba, mas a jaqueta Perfecto tem história. Criada em 1928 por Schott Bros, era feita em couro e tinha o propósito de proteger os motociclistas do vento e das chuvas - e também das quedas. Foi distribuída pelo fabricante das motos Harley Davidson. Mas tornou-se popular mesmo na década de 50, a partir do filme O Selvagem da Motocicleta, quando Marlon Brando, então símbolo de rebeldia, apareceu vestindo uma. Era também a época do surgimento do rock’n roll, e não demorou muito para que os roqueiros e toda a sua legião de fãs adotassem a jaqueta como uniforme.

 

Na década de 80, ela voltou à cena fashion com força. Foi usada pelos punks londrinos, por Madonna no filme Quem é Essa Garota? e por George Micheal, que literalmente incendiou a sua Perfecto no clipe Freedom, em alusão a sua liberdade em se assumir homossexual a partir daquele momento.

 

O tempo passou e a peça continua sendo associada à juventude, ao estilo rocker e a uma atitude de certa forma transgressora. Mas, neste inverno, ela ganha uma releitura mais suave, e surge em uma variedade de tecidos e cores. E pronta para se adaptar ao seu estilo e tornar-se a peça-desejo da estação. Confira o editorial de jaquetas abaixo e descubra qual é a sua cara:

 

JAQUETA: PEÇA MULTIUSO