Para manter o foco

- O Estado de S.Paulo

Defina um objetivo para a sua vida pessoal e profissional. Priorize suas atividades: faça listas escritas e assinale as obrigações mais importantes. Não deixe o programa de e-mails aberto todo o tempo. Eleja cinco ou seis momentos ao longo do dia para ler e-mails, com concentração. Quando precisar de foco, desligue o celular, MSN, e-mail, feche a porta e peça para ninguém incomodá-lo até terminar a tarefa. Quanto mais você se afastar das possíveis interrupções, maior a concentração. Planeje pelo menos metade do seu dia de trabalho. Isso ajuda a direcionar as ações, mas deixa espaço para os imprevistos e novidades do cotidiano. As artes marciais (kung fu, judô, tae-kwon-do, etc.) são ótimas formas de ganhar maior poder de concentração. É impossível fazer as seqüências de movimentos sem estar concentrado e isso se reflete no cotidiano. Encontre um hobby. Fazendo o que gosta nas horas livres fica mais fácil de produzir mais e melhor no trabalho. Crie um padrão: escolha uma música tranqüila da qual você goste e que o ajude a relaxar. Se passar a ouvir essa composição sempre que precisar se concentrar em alguma atividade, isso criará uma "âncora auditiva", colocando-o em estado de concentração mais rapidamente. Antes de iniciar seu trabalho, relaxe por alguns minutos. Comece a respirar profundamente algumas vezes. Concentre-se apenas na sua respiração e no seu corpo. Isso diminui a ansiedade e o ajuda a manter o foco.