Novas normas

- O Estado de S.Paulo

Os profissionais não podem obter lucro vendendo produtos farmacêuticos ou médicos Estão proibidos de participar de consórcios para a realização de procedimentos como cirurgias plásticas Estão autorizados a receber brindes e a viajar bancados pela indústria farmacêutica, mas devem revelar esse conflito quando forem a congressos