Nasce uma top

Agencia Estado - O Estado de S.Paulo

É da pequena Morro Reuter, cidade gaúcha de apenas 5 mil habitantes, a nova top da Ford Models. Vanessa Cruz, de 15 anos, venceu na noite desta terça-feira, no Hotel Unique, em São Paulo, o Supermodel Brazil, etapa verde-e-amarela do Supermodel of the World, um dos maiores concursos de modelos do mundo. Entre os homens, o vencedor foi o brasiliense Gabriel Grandi, de 18 anos. Vanessa assinará contrato com a Ford Brasil no valor de R$ 150 mil e vai representar a terrinha na grande final mundial, que acontece em janeiro, em Nova York. Já Gabriel passa a integrar o casting de todas as filiais da agência no mundo. "Ainda estou meio em choque", disse a gaúcha logo após a premiação. "Não sei direito o que vai acontecer, mas espero fazer muito sucesso." Gabriel também se mostrava otimista - e surpreso. "Eu realmente não esperava ganhar. Não faço idéia do que vem pela frente. Mas acho que as portas começarão se abrir." Vanessa cursa o 1º ano do ensino médio em Morro Reuter e leva uma vida simples. A mãe é operária em uma fábrica local de calçados - a cidade integra o famoso pólo calçadista gaúcho - e o pai é mecânico, atualmente desempregado. "Agora, vou poder ajudá-los." Gabriel, que está terminando o ensino médio, já trabalhava como modelo em Brasília. "Eu pensavam em fazer faculdade, mas, agora que ganhei o concurso, vou investir tudo na carreira." A final brasileira do Supermodel contou com 20 concorrentes - 15 meninas (de 13 a 15 anos) e 5 rapazes (de 17 a 20) -, de diversas regiões do País. Todos foram escolhidos entre 650 mil inscritos em seletivas regionais. Na eleição dos dois vencedores, votaram a presidente mundial da Ford, Katie Ford, Jean Michely, da Ford Paris, Décio Ribeiro, da Ford Brasil, Paulo Borges, organizador do São Paulo Fashion Week, Giovanni Frasson, da revista ?Vogue?, entre outros. O Supermodel Brazil já lançou no mercado internacional tops como Luciana Curtis, Mariana Weickert, Liliane Ferrarezi e Adriana Lima. Nos 22 anos do concurso, apenas uma brasileira ganhou a final mundial. Em 2004, a botucatuense Camila Finn, então com 13 anos, desbancou mais de 5 milhões de garotas inscritas em 44 países e levou o primeiro lugar, garantindo um contrato de US$ 250 mil com a Ford americana.