Montadas para o frio

- O Estado de S.Paulo

Looks de todos os tipos desfilam pela cidade, revelando uma moda autoral

A cada ano, as botas e echarpes ganham mais força no inverno. Mas sempre surge alguma novidade para chamar a atenção. Agora, meias opacas vêm fazendo par com tênis, e a dupla não causa mais estranheza se estiver acompanhada de um vestido ou short.

 

"Só não vale fazer essa união com meias finas, porque elas pedem algo mais elegante", avisa a consultora de imagem e personal stylist Dani Esteves. "O indicado é usar meias de fio 40 ou 80", acrescenta.

 

As sapatilhas coloridas seguem o mesmo caminho dos tênis. E quanto mais contrastantes com meias pretas, mais bacanas ficam, explica Dani, que é formada em Moda e tem especialização no Istituto Marangoni de Milão, Itália. Mas existem outras tendências de moda que explodiram na Europa e estão aterrissando com força em terras brasileiras.

 

Prepare-se para ver, por exemplo, muita calça montaria: aquela com corte reto e detalhe nos joelhos. Como não poderia deixar de ser, esta peça pede botas montaria! Em looks mais ousados, vai até com escarpin. Afinal, o que vale hoje é misturar estilos, tendência batizada de "boho", desde que seja de forma harmônica.

 

Vestido-camisa ou camisa-vestido? Não importa o nome exato, esta peça vem com tudo. "Vai bem com meia-calça, legging, bota montaria ou cowboy", orienta a consultora Dani, autora do blog: http://fashiondaniesteves.blogspot.com/.

 

A consultora revela outros hits do inverno: cardigã comprido, para usar com vestidos e com um cinto fininho na cintura; vestidos curtos, mas de malha grossa; peças de ombros marcados, com franzidos e até ombreiras; coletes de tecidos diferenciados, já que os de alfaiataria ficaram meio saturados.

 

 

 

Elegância no blazer, óculos e bolsa. A bermuda e meia-calça deixaram o visual mais moderno. O problema foi a bota, que deu um ar de desleixo. Se usasse uma sapatilha colorida (ou um escarpin), seu look estaria irretocável.

 

 

 

Cardigã comprido (em alta também pela estampa de oncinha!), meia-calça opaca com sapatilha dourada, criando contraste. A bolsa comprida alonga a silhueta.

 

 

 

Vestidinho com casacão é super-tendência. O ideal é que o comprimento de ambos estejam próximos, quase que se confundindo. Neste look, o bacana é a sapatilha florida com a meia-calça preta e a echarpe vermelha, quebrando a "sobriedade".

 

 

 

Para alongar a silhueta, quanto mais a perna estiver à mostra, melhor. Botas de cano alto pedem peças mais curtas (short, saia), e vice-versa. Para acentuar esse efeito, vale apostar na monocromia (bota preta com meia preta). Só uma cor não "quebra" a silhueta. Mas, como ela é magra e longilínea, "pode".

 

 

 

Para fugir do tradicional preto, bota café, que também é um curinga. Peles falsas estão com tudo, mas, cuidado: como criam volume, devem ser evitadas por mulheres de seios grandes e barrigudas.

 

 

 

Uma maneira de "descombinar" peças, com harmonia. Ela usa peças fluidas e confortáveis, com acessórios extremos: cinto de tachas e bijus étnicas. E foi feliz ao unir legging a tênis dourado, seguindo o tom da malha bege.