Modelos acusam os fotógrafos Weber e Testino de assédio sexual

- Associated Press

Advogados dos acusados disseram-se consternados e surpresos com as denúncias

Os fotógrafos Bruce Weber (e) e Mario Testino são acusados de assédio sexual por vários modelos, publicou no sábado, 13, o jornal The New York Times. 

Os fotógrafos Bruce Weber (e) e Mario Testino são acusados de assédio sexual por vários modelos, publicou no sábado, 13, o jornal The New York Times.  Foto: Matt Sayles, Michael Sohn/AP

Vários modelos acusaram os famosos fotógrafos Bruce Weber e Mario Testino de insinuações e coação como parte de uma nova e extensa investigação sobre assédio sexual, informou o jornal The New York Times no sábado, 13.

Quinze modelos e ex-modelos revelaram ao jornal que os pedidos de Weber geralmente ocorreram durante as sessões de fotos e outras sessões privadas. Treze assistentes e modelos acusaram Testino, segundo o Times.

"Lembro-me dele colocando os dedos na minha boca e tocando minhas partes íntimas", disse o modelo Robyn Sinclair sobre Weber. "Nós nunca fizemos sexo ou nada assim, mas muitas coisas aconteceram. Muita manipulação. Muito abuso".

Os modelos foram convidados a "respirarem" e a se tocarem eles mesmos. Weber movia suas mãos para onde sentiram "energia", disse o jornal, acrescentando que o fotógrafo muitas vezes guiou as mãos dos modelos com as suas próprias mãos.

+++ O limite entre o assédio e a paquera

Os anúncios ousados de Weber para marcas como Calvin Klein, Abercrombie & Fitch, entre outras, o ajudaram a se tornar uma estrela de fotografia comercial e artística.

Por sua parte, Testino, adorado por celebridades e pelas revistas de moda (incluindo a Vogue), assim como por jovens membros da família real britânica, foi acusado de tatear e fazer propostas sexuais, de acordo com o periódico.

As acusações contra ambos os fotógrafos datam de muitos anos atrás e, em alguns casos, os acusadores relatam detalhes com consistência notável, disse o Times.

+++ Terry Richardson, diretor do clipe de Anitta, é acusado de assédio sexual novamente

Os representantes dos fotógrafos indicaram que ficaram consternados e surpresos com as acusações.

"Estou completamente chocado e entristecido com as indignas alegações feitas contra mim, que eu absolutamente nego", disse Weber no comunicado de seu advogado.

O escritório de advocacia Lavely & Singer, que representa Testino, questionou o caráter e a credibilidade das pessoas que se queixaram de assédio.