Médicos são multados por letra feia em receita

- O Estado de S.Paulo

A Vigilância Sanitária de Londrina, no norte do Paraná, multou três médicos por prescreverem receitas com letra ilegível para pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS). Cada profissional recebeu multa de R$ 2 mil e podem apresentar defesa por escrito em 15 dias. "Espero que não seja de próprio punho", disse o diretor da Vigilância Sanitária, Rogério Lampe. Se a justificativa não for aceita, a multa será confirmada.