Mariá e os bordados

Agencia Estado - O Estado de S.Paulo

Mariá Araújo aprendeu a fazer arte sozinha. ?Sou autodidata.? Nascida na Paraíba e criada em Pernambuco, começou a pintar móveis e camisetas para pagar as contas. Depois, vieram os bordados. As peças, no início, eram vendidas só aos amigos. Hoje, Mariá já fatura no DF, em Pernambuco, Goiás e até na Europa. A artesã roubou a cena no último Brasília Fashion Festival - ela mora há dez anos na capital federal - com um desfile lindo, carimbado por flores, cactos e camaleões bordados em vestidos, saias e batas. Para dar conta da produção, a estilista tem a ajuda da filha, Emanuele, e do marido, Nika ?Ele é músico e bordadeiro. Borda de dia e toca à noite.?