Justiça decreta ilegal greve da educação

- O Estado de S.Paulo

A juíza Ester Manso, da Vara da Fazenda Estadual em Alagoas, decretou ilegal a greve dos trabalhadores da educação e determinou o retorno às atividades na rede pública estadual de ensino - caso contrário, o sindicato da categoria estará sujeito a multa de R$ 20 mil por dia. Até o fechamento da edição, o Sindicato dos Trabalhadores da Educação em Alagoas não havia se manifestado.