Fred abre o jogo

Vera Fiori - O Estado de S.Paulo

.

 

Você acha que jogadores vaidosos, como o David Beckham, ajudam a derrubar o preconceito que existe em relação aos cuidados com a beleza?

Sem dúvida! Aliás, sou contra qualquer tipo de preconceito. Todo homem não gosta que a sua mulher seja vaidosa? Claro que elas também querem sair com um cara cheiroso, bem arrumado e com estilo.

 

Veja também:

linkVaidade futebol clube

 

O que o preocupa mais em relação à aparência? Cabelo, rosto, alguma coisa no corpo?

Cabelo eu tiro de letra, porque, como todos podem perceber, é um cabelo de anjinho (risos). Agora, com a latinha (rosto) a coisa complica mais, porque trabalhamos todos os dias debaixo de um sol forte. Então, tem de haver um cuidado extra para não chegar aos 30 com carinha de 40, não é mesmo? Além disso, qual o problema em passar um Victoria Secret’s no corpo? Até hoje ninguém nunca reclamou (risos).

 

O que não pode faltar na sua famosa nécessaire?

Nada! Ali dentro eu levo cremes para o corpo, rosto e cabelo, gel, desodorante, perfume, escova de dente, fio dental, cortador de unha, xampu, condicionador y otras cositas más. Inclusive, você está sendo generosa em chamar aquela mala de nécessaire. Na verdade, aquela ali é minha companheira de guerra. Onde vou, ela vai atrás.

 

Tem uma rotina de cuidados?

Sim. Acordo, tomo banho e aí começa todo aquele ritual. Passo um creme específico para o rosto, outro para o corpo e, no grand finale, dou um trato nos meus pés. Afinal, são eles que garantem o sustento da minha família.

 

Gosta de perfumes?

É mais fácil perguntar de quais perfumes eu não gosto! Perfume já faz parte da minha vestimenta. Sair sem ele é o mesmo que sair sem cueca (risos). Alguns: Angel, 212, Dolce & Gabbana, Mont Blanc...

 

No vestiário rola troca de dicas e informações sobre produtos, cortes de cabelos?

Pra ser sincero, todos se preocupam. Porém, a minoria admite. A boleirada gosta de manter a fama de machão. Mas, no fundo, todo mundo curte uma roupinha bacana, um perfume novo, um tênis diferente. Vira e mexe chego ao vestiário com uma peça de roupa nova e a galera dá o grito: "lançamento, hein? De onde é essa aí?" O que menos rola dentro do vestiário é papo sobre futebol.

 

Segundo uma pesquisa, os brasileiros só perdem para os norte-americanos no consumo de produtos de beleza. Você gasta bastante com isso?

Então, acho que sou norte-americano. Sempre que viajo, passo pelo free shop, na seção de cosméticos e perfumes.

 

Costuma ouvir dicas femininas?

Vixe... Lá em casa, minha irmã e minha madrasta decidiram montar um salão de beleza: o Terrez Elegance. Não durou dois meses. As duas não podem me ver que querem passar algo na minha cabeça. Eu deixo, né? Fazer o quê?