Escritores vencem prêmio de R$ 200 mil

- O Estado de S.Paulo

Galileia, do cearense Ronaldo Correia de Brito, venceu o 2º Prêmio São Paulo de Literatura como o melhor livro de 2008. A láurea de melhor livro de autor estreante foi para A Parede no Escuro, do gaúcho Altair Martins. Cada um deles ganhou R$ 200 mil - o prêmio, promovido pelo governo paulista, é o que mais paga no País. Na cerimônia, no Museu da Língua Portuguesa, o governador José Serra afirmou que "como o prêmio não é regional, os paulistas terão de se esforçar".