Diretrizes para as escolas

Agencia Estado - O Estado de S.Paulo

A boa alimentação das crianças também deve ser uma preocupação das escolas. Há cerca de um ano, uma portaria interministerial do governo federal instituiu nas escolas de educação infantil, fundamental e médio das redes pública e privada diretrizes para o desenvolvimento de ações que promovam a adoção de práticas alimentares mais saudáveis entre os alunos. Desde então, várias instituições de ensino passaram a incentivar o consumo de alimentos nutritivos, mudando o cardápio das cantinas e inserindo a discussão em sala de aula. Na Escola da Vila, na Zona Oeste, por exemplo, a lanchonete agora vende frutas picadas a preços mais baixos do que os das frituras e dos refrigerantes. Além disso, professores acompanham as crianças nas refeições. ?Eles incentivam as crianças a colocarem verduras nos pratos, mostram a maneira correta de temperar a salada?, conta nutricionista da escola, Elaine Occhialini.