Diferenças para diferentes

- O Estado de S.Paulo

ELIANA CAVALCANTI: Mãe de Andressa, 17 anos e Alan, de 14 POLÍTICA FAMILIAR: Na casa dela, a filha sempre teve mais liberdade porque se mostrou mais madura "Tenho procurado criá-los com o mínimo de diferença . Quando pequenos, brincavam juntos até de casinha! Como ela estuda e trabalha, as tarefas domésticas ficam com o Alan. Ele é mais sensível. Evita chorar na frente dos outros porque ainda há preconceito. Mas quando tem problemas, desaba. E vem dormir na minha cama quando tem pesadelo. Conhecer a reação dos filhos diante das situações é mais importante para dizer o que podem fazer. Antes de serem menino ou menina, são seres humanos diferentes."