Adeus aos pêlos

Agencia Estado - O Estado de S.Paulo

O excesso de pêlos atormentava até Cleópatra, que se livrava deles com um tipo de cera quente e faixas de gaze. Não menos vaidosas, as mulheres do período elisabetano arrancavam os cabelos do alto da testa. Com a fronte descoberta, ganhavam ares altivos, diferenciando-se da plebe. Embora lembre uma cena de tortura, a depilação com cera atravessa os tempos e, até hoje, é um dos métodos mais utilizados pelas mulheres . Mas há meios mais modernos e igualmente eficazes de eliminar os pêlos. Laser, lâmina, depiladores elétricos, eletrocoagulação, cremes, ceras. Várias são as opções e cada prática tem seus prós e contras. A escolha vai depender da quantidade e espessura dos pêlos, e também do grau de sensibilidade da pele. Segundo o dermatologista Otávio Macedo, no caso da cera fria (em geral, preparada com glicose, resina e goma arábica), o sistema é doloroso, lento e pode causar algum tipo de trauma na pele. A cera quente (pode ser com mel, açúcar e limão, ou com algas) é uma técnica mais rápida e dói menos, pois o calor ativa as glândulas sebáceas, dilatando os poros. A desvantagem é que pode causar encravamento em pessoas que tenham predisposição a foliculite. É contra-indicada no caso de varizes e o dermatologista chama a atenção para quem está fazendo procedimentos estéticos com ácidos (como o glicólico e o retinóico). ?O ideal é parar uma semana antes com os ácidos, para evitar irritações.? Para áreas pequenas do rosto, a eletrocoagulação é uma alternativa. Segundo a esteticista Maria Conceição Figueiredo, do Instituto Belle de Jour, trata-se de um aparelho que funciona por corrente de rádio freqüência de 27 MHz. A tradicional agulha é substituída por um tipo de pinça que não causa dor. Cada descarga que é dada no pêlo enfraquece o bulbo, até torná-lo uma penugem rala. O sistema é higiênico, não agride a pele (a pinça só tem contato com os pêlos) e é eficaz ao longo de várias sessões. Preço: R$ 40 (até 15 minutos). Na linha vapt-vupt, os cremes depilatórios são uma solução prática , indolor e econômica para serem usados em casa. Possuem agentes químicos que removem os pêlos superficialmente. ?Escolha produtos de qualidade e faça um teste de alergia 24 horas antes, passando um pouquinho do produto atrás da orelha?, orienta o dermatologista Otávio Macedo. A lâmina de barbear é a solução para quem está com pressa e sem tempo de ir ao salão. O inconveniente é o crescimento rápido dos pêlos, já que são cortados rente à pele. Segundo Macedo, o uso de lâminas não engrossa os pêlos como se supõe, apenas dá essa impressão porque os fios nascem rapidamente. Os aparelhos de laser evoluíram bastante e são uma alternativa excelente para virilha e axilas. O número de sessões vai depender do tipo de pele e pêlo da paciente. Vale lembrar que pessoas com pêlos claros não devem esperar grandes resultados. Segundo o dermatologista, que em seu consultório utiliza o Laser LightSheer, podem surgir algumas manchas na pele, mas elas são temporárias. E se a pessoa for se depilar com laser, pode dar adeus ao sol, pois a pele bronzeada atrapalha a leitura do aparelho. Também para a dermatologista Ligia Kogos, o laser de diodo Light Sheer pode ser considerado uma evolução. ?Os resultados dos primeiros aparelhos eram desanimadores. Recebia na clínica clientes com faixas brancas na pele por conta das depilações feitas com laser de luz pulsada?, fala. ?O laser de diodo pode ser usado por pessoas de pele morena escura sem problemas. A luz localiza a melanina do pêlo sem queimar a superfície da pele. Quanto mais grossos e encravados os pêlos, mais rápido o resultado.? São indicadas entre três e seis sessões. Preços de cada sessão: buço (R$ 350); virilha (R$ 1.200); axila (R$ 800); meia perna (R$ 1.400) e perna inteira (R$ 2.500). NOVA TÉCNICA ? O salão Cleber Lopes Beauty & Life Institute trabalha com o método de Epilação Dermofotônico. Entre as vantagens, o sistema é indolor, não agride a pele e nem impede a pessoa de tomar sol durante as sessões de tratamento. Não só o bulbo capilar é atingido, mas também as células germinativas, que têm sua destruição progressiva e definitiva. O tratamento dura, em média, 12 sessões, e o preço varia de acordo com a região escolhida. É aplicado um gel no corpo da cliente e feita uma espécie de massagem com o aparelho. São emitidas ondas por um cabeçote, que queimam as células germinativas dos pêlos. As únicas contra-indicações são para mulheres grávidas, pessoas com marca-passo e menores de 12 anos. Os valores da Epilação variam de R$ 350 (buço) a R$ 1.560 (pernas, 12 sessões). Uma depilação menos dolorida e com cheirinho de mel? Essa é a proposta da GA.MA Italy, que formulou uma linha de ceras com ativos de mel (um hidratante natural) e própolis (de ação bactericida). Além do tradicional refil de cera roll on, cera em bastão e das folhas faciais e corporais ? kit que é composto por aparelho bivolt, suporte de acrílico e óleo pós depilatório ?, a nova linha conta com uma cera que pode ser aquecida em forno de microondas por quatro minutos ou em banho-maria. Por sua vez, a Yashmin Cosméticos está lançando a linha de depilação Diy, nome que deriva da expressão americana ?do it yourself? (faça você mesmo). Entre os lançamentos, destaque para as folhas prontas de cera fria, produzidas com resinas naturais, ideais para pêlos de todo o corpo. As folhas estão disponíveis nos aromas melão, cenoura & manga e morango. Devem ser aquecidas por alguns segundos entre as mãos para que a cera se espalhe igualmente nas duas partes. Um removedor formulado com óleo de andiroba elimina os resíduos de ceras que ficam na pele. Preços a partir de R$ 7. Para aquelas que preferem os aparelhos , uma novidade é o depilador Satinelle Ice, da Phillips. De acordo com Silvia Tamai, gerente de marketing da marca, um dos principais diferenciais do produto é o conforto. ?A dor é uma das principais queixas da mulher em relação à depilação?, fala. Um aplicador de gelo removível é acoplado ao aparelho, que, em contato com a pele, tem efeito anestésico, amenizando qualquer tipo de desconforto. ?Este aplicador deve ser levado ao freezer quatro horas antes da depilação.? Os pequenos discos de metal foram substituídos por discos de cerâmica, que removem até 95% dos pêlos . O design facilita o manuseio nas áreas das axilas e virilha. Segundo Silvia, o efeito da depilação dura até quatro semanas. Uma esponja esfoliante acompanha o depilador e seu uso previne pêlos encravados. Preço sugerido: R$ 329.