Willow, último corgi da rainha Elizabeth II, morre aos 14 anos

Redação - O Estado de S.Paulo

A rainha ganhou seu primeiro corgi em 1944 e, desde então, já criou cerca de 30 cachorros da raça

Rainha Elizabeth ao lado dos corgis Willow e Holly e dos 'dorgis' Vulcan e Candy, em 2016. 

Rainha Elizabeth ao lado dos corgis Willow e Holly e dos 'dorgis' Vulcan e Candy, em 2016.  Foto: Annie Leibovitz via Reuters

A rainha Elizabeth II perdeu seu último corgi, Willow, no último fim de semana. As informações são do The Telegraph, que informa que a rainha ficou devastada com a notícia.

Willow tinha quase 15 anos de idade e era o último dos descendentes de Susan, uma cadela da raça corgi que Elizabeth ganhou de presente de seus pais quando ainda era princesa, aos 18 anos, em 1944.

O cachorro era a 14ª geração de corgi criada por Elizabeth, que criou cerca de 30 animais da raça durante toda sua vida. Em 2015, a rainha parou de deixar que seus corgi engravidassem pois ela não queria deixar nenhum para trás após sua morte.

Elizabeth, porém, ainda tem dois cachorros, Vulcan e Candy, que são corgi cruzados com outras raças de cachorro.

Willow apareceu com a rainha e com o ator Daniel Craig na abertura da Olimpíada de Londres em 2012.