‘Sou um homem gay, sem a parte física’, diz Andrew Garfield

Redação - O Estado de S.Paulo

Ator faz parte do elenco de peça britânica que explora a crise da AIDS na década de 80

O ator participou dos dois últimos filmes da franquia do Homem-Aranha

O ator participou dos dois últimos filmes da franquia do Homem-Aranha Foto: Chris Pizzello/ AP

Em palestra no Royal National Theatre, de Londres, sobre seu papel de jovem gay que luta contra a AIDS na peça Angels in America, Andrew Garfield declarou que passou muito tempo com seus amigos gays durante a fase de preparação e que “é um gay sem a parte física”.

“Aos domingos, durante meu único tempo livre dos ensaios eu me reunia com oito amigos para assistir ao seriado da Ru”, contou. Ele se referia a RuPaul, drag queen famosa por seu reality show que faz sucesso entre a comunidade LGBT. Ele continuou: “Essa é a minha vida fora da peça. Agora eu sou um homem gay, sem a parte física”.

Embora ele desse a entender que fazia parte da comunidade gay, afirmou que não é homossexual. “Até onde eu sei, não sou gay”, disse. “Talvez eu faça uma descoberta [sobre minha sexualidade] no futuro, o que seria maravilhoso e eu poderia explorar essa parte do jardim, mas no momento estou recluso na minha parte e isso é bom também”.

Sobre a peça, Andrew afirmou que foi a experiência criativa mais recompensadora pela qual já passou e acha difícil que algo a supere, principalmente pelos desafios do papel e pela importância de se discutir esse tema.