Selena Gomez sobre ciberbullying: 'Deleto meu Instagram uma vez por semana'

Redação - O Estado de S.Paulo

Em entrevista ao New York Times, cantora e atriz revela que lê os comentários em suas fotos

Selena Gomez vai estrear sua série na Netflix em 31 de março

Selena Gomez vai estrear sua série na Netflix em 31 de março Foto: REUTERS/Danny Moloshok

Selena Gomez, aparentemente, é inatingível: ela faz sucesso com a música It Ain't Me, feita em parceria com Kygo, e está prestes a estrear a série 13 Reasons Why na Netflix. Apesar das conquistas, a atriz e cantora confessa que, assim como muitos de seus fãs, também sofre com o ciberbullying. 

A cantora concedeu uma entrevista, publicada nesta quarta-feira, 22, no New York Times, na qual falou sobre 13 Reasons Why, série com previsão de lançamento na Netflix no dia 31 de março sobre uma garota suicida que deixa fitas cassetes nas quais aponta as 13 pessoas cujas atitudes a fizeram tirar a vida.

Ao ser perguntada se as redes sociais mudaram a forma ela é vista perante a opinião pública, Selena diz que o relacionamento com os fãs era mais saudável anos atrás. “Quando estava em Feiticeiros de Waverly Place, as redes sociais não existiam de verdade”, explicou. “O Twitter estava só começando. Toda sexta-feira, eu fazia um live na frente das crianças e elas ficavam felizes da vida. Esse foi o momento em que fui mais feliz”, disse. “Então, quando fiquei mais velha, vi tudo ir do zero ao cem”.

Hoje, ela diz, a base de haters a agride constantemente. E alega ser difícil evitar a leitura dos comentários dos mais de 114 milhões de seguidos no Instagram (o que faz dela a pessoa mais popular da rede). “Eu deleto o aplicativo do meu celular pelo menos uma vez por semana. A gente sempre se fixa nos comentários negativos. As pessoas escrevem: ‘Você é feia’. Eles querem cortar sua alma. Imagina todas as inseguranças que você já tem sobre você mesma e então alguém vai lá e escreve um parágrafo inteiro apontando todas as coisinhas - mesmo que sejam só físicas”, revelou.