Secretaria de Saúde do RJ dá 'bronca' em Anitta após clipe: 'Malandro mesmo é o Aedes Aegypti'

Redação - O Estado de S.Paulo

'Tá pedindo, se prepara, vou falar, presta atenção: com apenas dez minutos você pode exterminar o grande vilão', tuitou o órgão após perceber água parada no clipe

'Vai, Malandra': clipe de Anitta chamou a atenção da Secretaria de Saúde do RJ por conta da água parada, que facilita a reprodução do Aedes Aegypti. 

'Vai, Malandra': clipe de Anitta chamou a atenção da Secretaria de Saúde do RJ por conta da água parada, que facilita a reprodução do Aedes Aegypti.  Foto: Twitter/@SaudeGovRJ

Não se fala em outra coisa: Vai Malandra conquistou milhões de visualizações rapidamente no YouTube, demorou apenas algumas horas para se tornar a música mais tocada do Brasil no Spotify e já ocupa a 18ª posição no top 50 mundial do serviço de streaming. Agora, o novo hit de Anitta chamou a atenção da Secretaria Estadual de Saúde do Rio de Janeiro, que alertou para a água parada no clipe.

"Vai, Malandra... Tu tá louca?! Não dá mole pra dengue, zika e chikungunya! Tá pedindo, se prepara, vou falar, presta atenção: com apenas 10 minutos você pode exterminar o grande vilão! Então, vai, malandra: não deixa água parada na sua laje!", tuitou o perfil oficial do órgão. "Malandro mesmo é o Aedes Aegypti que, enquanto você curte distraído o novo hit da Anitta, aproveita essa água parada para se reproduzir. Se liga, combatendo o mosquito, você cuida da sua saúde", concluiu.

Anteriormente, o clipe já havia ganhado a atenção do Detran-RJ, porém por um viés positivo: o órgão de fiscalização de trânsito elogiou o uso do capacete pela cantora no vídeo. "Malandra que é malandra só vai de capacete. #VaiMalandra #SejaEssaPessoa", escreveu o Detran-RJ no Twitter.