Sandra Bullock diz que ficou 'paralisada' após ser assediada

redação - O Estado de S.Paulo

Caso ocorreu quando ela tinha 16 anos

Sandra Bullock quer educar os filhos para serem 'destemidos e confiantes'.

Sandra Bullock quer educar os filhos para serem 'destemidos e confiantes'. Foto: John Shearer/AP

A atriz Sandra Bullock disse que ficou "paralisada" após ter sido assediada sexualmente na adolescência. "Aconteceu comigo quando eu tinha 16 anos. E você fica paralisada até certo ponto, pensando: 'alguém acreditará em mim?'", disse à revista InStyle.

Ela doou US$ 500 mil para a campanha Time's Up e disse que sente que é seu dever ajudar outras vítimas. "É fácil dar dinheiro para pessoas que são incrivelmente corajosas e sinceras", afirmou.

"Mas Time's Up não é apenas sobre atrizes - é sobre a mãe solteira que foi abusada, intimidada e sofreu assédio sexual e está tentando fazer os dias mais seguros", disse.

A atriz afirmou que é dever das mulheres fazer o que puderem para ajudar. "Eu posso dizer com segurança que não há uma pessoa que eu conheça que não tenha experimentado alguma forma de assédio ou que não conheça alguém [com quem aconteceu]", disse.

Sandra, que adotou Louis, de oito anos, e Laila, de cinco, disse que espera criá-los para serem destemidos e confiantes o suficiente para falar abertamente.

"Até recentemente, era a vítima que estava envergonhada, não o agressor. Mas podemos fazer protestos pacíficos e utilizar a mídia", disse em referência à Marcha Por Nossas Vidas. "Estamos criando nossos filhos para serem destemidos. Pelo menos eu espero que eu crie meus filhos desse jeito", afirmou.

GALERIA: Personalidade que sofreram abusos ou assédios e falam abertamente sobre isso