Salma Hayek relata massagem inusitada que recebeu em um hotel

Redação - O Estado de S.Paulo

Como só havia um massagista homem no local, ela fingiu que ele fosse gay para ficar mais confortável

A atriz mexicana Salma Hayek conta a história de ter sido massageada por um homem nu.

A atriz mexicana Salma Hayek conta a história de ter sido massageada por um homem nu. Foto: Arthur Mola/AP Images

Massagem é sempre bom, mas a atriz mexicana Salma Hayek passou por uma experiência que ela classificou como "massagem do inferno" em um quarto de hotel na Áustria.

"Eu estava desesperada, porque tive alguns problemas nas costas. E eles disseram 'nós só temos um homem'. Eu preferia uma mulher, mas como eu estava precisando muito, disse ok", conta a atriz em entrevista a Chelsea Handler no programa de comédia da Netflix.

Aos 50 anos e casada com o empresário francês François-Henri Pinault, Salma admitiu que se forçou a acreditar que o massagista era gay para se sentir mais confortável. Ela disse que se deitou na cama, quase completamente nua, fechou os olhos, e a massagem começou.

Pior do que ela imaginava, a atriz notou, ao abrir os olhos, que o homem estava sem calças. Ela comentou o fato rapidamente, ao que ele explicou que algumas clientes gostavam quando ele ficava nu durante as massagens. "Cliente errada", ela disse.

Quando a apresentadora Chelsea perguntou por que ela não saiu correndo do quarto, Salma brincou que o corpo dela é "muito visual" e "tem muita coisa acontecendo". Recentemente, ela postou uma selfie em frente ao espelho, mostrando suas costas nuas.

No fim da história do massagista nu, tudo acabou bem e de forma engraçada. Ela o enviou para uma amiga do quarto ao lado. Assista ao relato completo abaixo: