Saiba o que há de novo nos consultórios dos dermatologistas para rejuvenescer

Anna Paula Buchalla - O Estado de S.Paulo

De mini lifting a preenchimento natural, conheça os procedimentos que estão dando o que falar por seus resultados surpreendentes

O VoluDerm pode ser feito em qualquer época do ano, inclusive no verão

O VoluDerm pode ser feito em qualquer época do ano, inclusive no verão Foto:

Dois novos procedimentos estéticos desembarcaram recentemente nas clínicas do país. Voluderm e Sutura Silhouette têm efeitos bastante naturais no combate à flacidez facial e à perda de volume, inevitáveis com o passar dos anos.

VoluDerm. O equipamento de radiofrequência fracionada tem o efeito de preenchimento natural. Isso porque ao combinar dois tipos de energia, térmica e elétrica, ele estimula a autoprodução de ácido hialurônico, a regeneração de colágeno e o aumento de elastina. Microagulhas extremamente finas penetram na pele por meio de um mecanismo que permite atingir áreas mais profundas da derme sem sangramento e praticamente sem dor. Ele pode ser feito em qualquer época do ano, inclusive no verão. A sensação é de uma leve vibração dessas agulhas sobre a pele, mas o desconforto dura apenas alguns segundos.

“Com as microlesões, a pele inicia um processo natural de cicatrização, o que, além de melhorar a textura, reduz poros, cicatrizes de acne e a aparência de rugas e linhas finas”, diz a dermatologista Patrícia Mafra, da Clínica Volpe. O procedimento dura cerca de meia hora: a paciente sai com o rosto um pouco vermelho, mas nada que uma maquiagem não disfarece. O VoluDerm é indicado para todos os tipos de pele e pode ser aplicado no rosto, pescoço, colo, mãos e braços. São necessárias quatro sessões para se chegar ao resultado esperado. A manutenção recomendada é a cada seis meses.

Preço da sessão: R$ 1,5 mil a 2 mil, em média.

Sutura Silhouette. Você se lembra do fio de ouro, ou fio russo, usado no passado para esticar o rosto? O princípio era perfeito: um fio tracionando a musculatura da face tinha o poder de dar aquela puxadinha leve, equivalente à do rabo de cavalo. O problema é que esse fio, além de definitivo, podia provocar rejeição e inflamações sérias na pele.

A boa notícia é a Sutura Silhouette, que tem esse efeito sem o risco de danos mais sérios à pele. Com um fio colocado entre a derme e a camada de gordura subcutânea, é possível reposicionar o contorno do rosto e do pescoço, levantando suavemente sobrancelha, maçãs do rosto e o temível bigode chinês. “O fio é totalmente absorvível e o resultado fica muito natural”, explica a dermatologista Patrícia Mafra. Ele tem ainda ácido polilático que ajuda na produção de colágeno novo, efeito que dura por até dois anos. As pequenas incisões por onde passa o fio são feitas no próprio consultório, com anestesia local, num processo que leva em média 40 minutos.

Preço da sessão: R$ 4 mil a R$ 10 mil, dependendo da quantidade de fios.