Ryan Reynolds pretende dar entrevistas como Deadpool para contornar ansiedade

Redação - O Estado de S.Paulo

O ator contou que sofre da doença desde criança, mas foi diagnosticado só em 2016

Em entrevista para o 'The New York Times', o ator Ryan Reynolds revelou que sofre de ansiedade crônica desde a infância

Em entrevista para o 'The New York Times', o ator Ryan Reynolds revelou que sofre de ansiedade crônica desde a infância Foto: Magdalena Wosinska/The New York Times

O ator norte-americano Ryan Reynolds deu entrevista para o jornal The New York Times e revelou que sofre de ansiedade crônica desde a infância - mas a doença só foi diagnosticada em 2016. Para não sofrer enquanto promove o filme Deadpool 2, Reynolds disse que pretende dar mais entrevistas como o personagem.

Falando sobre sua infância, ele revelou que desenvolveu o problema por conta de um relacionamento tumultuado com seu pai. "Eu virei uma daquelas crianças que ficam paranoicas com tudo, que assumem responsabilidades bizarras", contou na entrevista. Quando virou adulto, Reynolds disse que tentava escapar da ansiedade bebendo e se automedicando.

Em 2016, após começar a ter tremedeiras, ele visitou um médico pela primeira vez. "Fui ver vários médicos porque achei que estava com algum problema neurológico, mas todos os que eu fui diziam que era ansiedade", confidenciou.

Reynolds disse que falar com a imprensa é estressante e, para tentar escapar das pressões disso enquanto promove Deadpool 2, vai passará a  dar entrevistas como o personagem. "Quando as cortinas abrem eu viro esse cara bobão e consigo esquecer de tudo", brincou o ator.

Deadpool 2 estreia nos cinemas brasileiros no próximo dia 17 de maio.