Quatro meses após dar à luz, Antônia Fontenelle pretende adotar um menino

- O Estado de S.Paulo

'Ser mãe após os 40 é infinitamente melhor. A maturidade traz calma', disse a apresentadora, aos 43 anos

Antônia Fontenelle revelou desejo de adotar um menino.

Antônia Fontenelle revelou desejo de adotar um menino. Foto: Reprodução/Instagram

Antônia Fontenelle, aos 43 anos, deu à luz a seu filho Salvatore há quatro meses, mas já está pensando numa nova criança. Em entrevista a revista Marie Claire, ela disse que pretende adotar um menino nos próximos meses.

A apresentadora quer apenas esperar o nascimento da neta Charlotte, filha de seu filho Samuel. "Quando Salvatore tiver uns 4 anos, Charlotte vai estar com a mesma idade. Eles vão ter 5 meses de diferença. E aí pretendo adotar mais um menino", explicou ela.

Ela falou sobre a experiência de ser mãe depois dos 40 anos: "Ser mãe após os 40 é infinitamente melhor. A maturidade traz calma". Antônia ainda revelou que está muito empolgada sobre ser avó e que não sabe direito como será.

"Só sei na teoria. Estou montando o quartinho dela, o chá de bebê... Mas acho que vou saber mesmo quando eu ver a carinha dela. É bem doido constatar que meu filho cresceu e já vai ser pai", afirmou.

Outro destaque da entrevista é sobre sua batalha judicial para ter direito aos bens do ex-marido, o ator e diretor Marcos Paulo, que morreu em 2012. Antes de morrer, ele deixou uma carta em que manifestava sua vontade de deixar 60% de seus bens para Antônia.

Fontenelle comentou também sua recente vitória na Justiça, com a conquista da autorização para participar da partilha de bens do ex-marido, o ator e diretor Marcos Paulo. Recentemente, ela ganhou esse direito. "Eu já sabia que em algum momento essa decisão sairia em meu favor, sempre acreditei na justiça. Trata-se de um fato que não há o que argumentar, pois ele deixou escrito e a minha relação com ele foi pública e notória", relatou a apresentadora.