Príncipe William e Kate Middleton não dão aparelhos eletrônicos para os filhos

Redação - O Estado de S.Paulo

Eles querem que os príncipes tenham uma infância tradicional ao ar livre

O príncipe William e sua esposa, Kate Middleton, tentar criar seus filhos longe da tecnologia com uma infância tradicional ao ar livre.

O príncipe William e sua esposa, Kate Middleton, tentar criar seus filhos longe da tecnologia com uma infância tradicional ao ar livre. Foto: Reuters / Christian Charisius

Hoje é cada vez mais comum - até inevitável - vermos crianças novas andando por aí carregando celulares e outros aparelhos eletrônicos. Não dentro da residência real do príncipe William e de da duquesa Kate Middleton. O casal optou por proibir seus filhos, o príncipe George e a princesa Charlotte, de usaram eletrônicos. O objetivo é que as crianças tenham uma infância 'tradicional', brincando com brinquedos e passando tempo ao ar livre no palácio de Kensington.

Em entrevista para a revista norte-americana Us Weekly, uma fonte próxima à família real britânica disse que o casal quer dar aos dois uma infância o mais próximo do normal, assim como a princesa Diana fez com William e seu irmão, Harry. “O casal acredita que aparelhos eletrônicos são ‘brinquedos’ de gente grande, e, como tiveram infâncias ao ar livre, priorizam isto para os filhos. Eles criam os príncipes sem aparelhos eletrônicos e com brinquedos 'normais', além de muitas atividades ao ar livre”, disse a fonte.

“Eles são uma família muito normal e querem que as crianças cresçam fora dos muros dos palácios reais. Kate e William querem que os filhos convivam com todos os tipos de pessoas e sejam cidadãos normais”, completou. George adora todos os brinquedos que têm rodas, como carros, aviões e trens. Já Charlotte é apaixonada pelo universo das princesas da Disney.

George, atualmente o 3º na linha de sucessão ao trono do Reino Unido, completou quatro anos de vida recentemente e se prepara para entrar na escola. Irá estudar na tradicional Thomas's London Day Schools, famosa por dar educação a membros da realeza e milionários londrinos.

VEJA TAMBÉM: Os melhores memes com o príncipe George.